É para toda a vida.

equi1Os fins de semana são sempre, ou quase sempre, momentos virados para as minhocas. Elas ocupam imenso espaço, não dão sossego e estão sempre a pedir a nossa atenção. Ainda bem que assim é, mas, muito francamente, por vezes torna-se muito cansativo ter que estar sempre disponível. Reconheço uma grande necessidade de desenvolver a minha ginástica mental… por forma a conseguir manter a calma. Nestas idades, os seres humanos de reduzidas dimensões, passam a vida a testar as nossas capacidades de resistência e, à mínima distracção, pimba. Estão logo a subverter o esquema todo. Claro que é esse o papel delas, e tem que se desenvolver o bom senso, mas antes de saberem aquilo que querem, têm de saber e fazer o que os pais querem e, no nosso caso, queremos apenas que elas cresçam como seres humanos viventes (não sei se existe o raio da palavra, mas achei a mais adequada) capazes de tomarem as suas decisões, conscientes do mundo que as rodeia e que procurem a sua felicidade.

Ficou tudo um bocadinho lamechas, mas não era minha intenção.

Deixar uma resposta