Vermelho, vermelhinho, vermelhão.

20081111-87537-4O que está a dar é o vermelho. Os jornais desportivos mais vendidos, fazem capas e mais capas pintadas a vermelho. Factos e mais factos pintados a vermelho. Aquilo é uma autêntica avalanche de notícias vermelhas. Pelos vistos vai ser o ano vermelho e eles vão ganhar tudo, tudinho, pelo menos assim o entendem os respectivos directores desses tais jornais. A mim aborrece-me o facto de serem pessoas iluminadas que estão à frente dos ditos jornais e que não conseguem perceber que estão a arruinar um negócio (um jornal é um negócio, pois pertence a alguém que quer ter lucro…) com a sua falta de imparcialidade e implica a descrença daquilo que escrevem. Faz-me lembrar a M.M.Guedes que se intitula de jornalista e já vendeu detergentes, já foi deputada e ainda quer que as pessoas acreditem que é isenta… acredita quem quiser, eu é que não estou para isso.

Por falar em vermelho, foram presos não sei quantos elementos de uma claque. Não tive ainda tempo para me informar sobre quais as acusações, mas uma coisa já deu para perceber: afinal não somos só nós, aqui do norte, que somos uns rufiões, uns vândalos e uns energúmenos, pelos vistos também os há na capital do país. A ver vamos.

Deixar uma resposta