Lá lá ri ló ló.

Isto de ter um blogue tem muito que se lhe diga. Às vezes interrogo-me sobre a utilidade disto tudo. Bem, utilidade, utilidade, não é nenhuma, bem vistas as coisas, a não ser para que as pessoas amigas acompanhem os meus desequlíbrios… e saibam que eu ainda cá moro. De resto, sou apenas mais um na blogosfera, no meio de tantos milhares. É claro que, quem tem um blogue, sonha sempre em ter muitas visitas e muitos comentários. Não percebo muito bem essa necessidade de ser lido, como se a nossa opinião fosse a mais importante à face da terra. É estranho, no mínimo. Pelo menos para mim, que na vida real não costumo procurar qualquer tipo de protagonismo e levo mesmo uma vidinha discreta. Também não me parece, de todo, que aqui procure esse tal de protagonismo, como se de pão para a boca se tratasse. É por estas e por outras que manter um blogue se torna difícil. É que, na maioria das vezes não tenho nada de muito especial para dizer e as pessoas só gostam mesmo é de qualquer coisinha especial… por isso só posso agradecer as cem mil visitas que já fizeram ao meu blogue, o que significa que, em quatro anos, os visitantes são poucos mas bons e persistentes. Eu mandava um beijinho para todos eles, mas é demasiado fofinho, por isso desejo um grande bem haja para todos.

2 thoughts on “Lá lá ri ló ló.

  1. zé carlos

    Por isso ,por seres um verdadeiro ,por seres um bom ser ,por seres imaginativo ,etc…etc…
    eu apesar de nao te conheçer (só sei que nada sei) gosto muito de ti(blog) ,pois tu(blog) fazes me ver ,rir ,meditar ,compreender , descobrir ,dançar , e ajudas me a ser um ser que gosta de seres como tu. ,gosti de ti BLOG .

Deixar uma resposta