Quase uma semana depois…

Pois, mas mais vale tarde do que nunca…

O último fim de semana foi passado no Douro com amigos, com tudo a que tínhamos direito: muita diversão, excelente companhia; boa gastronomia e uma região lindíssima para apreciar, com uma viagem num barco aconchegante pelo rio acima. Inesquecível! Tivemos até direito a uma caminhada, no domingo de manhã, ou não fosse esse o pretexto que nos levou lá… na famosa Meia Maratona do Douro Vinhateiro que este ano teve perto de quinze mil pessoas inscritas… uma multidão daquelas em que eu já não me metia no meio há mais de vinte e cinco anos, altura em que deixei de correr… e ainda tive direito a um beijinho da minha amiga Rosa Mota que deu um saltinho ao restaurante onde estávamos a jantar. Eu poderia ter nascido para viver assim, tenho a certeza absoluta, mas já que não foi esse o meu destino, fico muito feliz por poder usufruir destes momentos maravilhosos.

Isto está escrito de uma forma muito séria, o que pode levar ao engano pois o fim de semana foi mesmo divertido. Acho que são os quinze dias que eu tenho no pêlo de muitos relatórios elaborados e de muitas reflexões… que me deixaram a cabeça ainda mais avariada.

Deixar uma resposta