Gostava de jogar golf, mas dizem que cansa muito…

Sou rapaz para ser complicado. Sou rapaz para meter o bedelho em tudo. Sou rapaz para não gostar de meter o bedelho onde não sou chamado. Sou, portanto, um rapaz que tem dias. Dias de energia positiva e com a mania que devo ter opinião sobre tudo o que mexe, o que não mexe e afins. Claro que devem ser estes os dias que nos fazem mexer. Estou há cinco dias a ouvir Morrissey, o que não é fácil para uma pessoa como eu (e como eu gostava de ser assim, como o senhor… cantador do amor…), e continuo a achar que a vida deve ser vivida apesar de todas as contrariedades, de todas as tristezas, de todos os aborrecimentos e saturações. E depois, depois eu gostava de ter uma vida ao ar livre, despudorada e cheia de alegria que me fizesse sentir o prazer de existir. Era só isto.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *