Para variar.

Só aqui estou a escrever porque não posso estar na praia. É triste, muito triste, mas desde que cheguei de Chaves ainda não apanhei um único dia em condições, para ir para a praia, portanto. Tenho andado em arrumações e a reparar pequenas coisas. No meio disto tudo, reparei num pormenor interessante. Tenho uma planta cá em casa que já me acompanha há dezassete anos… Nunca tinha pensado no assunto e confesso que foi uma surpresa saber que já somos compinchas há tantos anos… e também não sabia que uma planta poderia durar estes anos todos… e pelos vistos… vai continuar a saga pois ela está para as curvas… Ainda vou eu primeiro…

Deixar uma resposta