Podia ser diferente, mas não foi. Foi mesmo assim.

tumblr_miyegi6mNi1qghznao1_500

Domingo. Aquele dia santo em que é suposto não fazer nada. Suposto… Hoje começou cedo, às sete e pouco da manhã, como de costume. Pequeno almoço e café. Regresso à cama, que no ninho é que se está bem. Entretanto, a minha rica senhora acorda e ficamos numa conversa animada… que invariavelmente acabou naquilo… é que conversa puxa conversa… e como as minhocas agora dormem até mais tarde um bocadinho… Só faltou o cigarrinho… mas como já não fumo há uns anitos, ficou a lembrança.

Passado algum tempo começa o alvoroço do costume, com as minhocas no seu melhor… Ainda consegui dar uma vista de olhos nos sítios habituais e toca a levantar, tomar banhinho e seguiu-se uma sessão de arranjos domésticos: duas persianas que não funcionavam e que passaram a funcionar; duas portas que não fechavam e que passaram a fechar; Uma porta que embarrava no chão e que, depois de desmontada, deixou de embarrar. Pelo meio fui preparando o almoço de família. Também convém referir que tudo isto foi conseguido porque as moças cá de casa foram ao centro comercial fazer umas compritas… Bendito sossego. A trabalhar mas sossegadinho no espírito.

Depois foi uma canseira. Foi um lauto almoço e fiquei sem forças para fazer o que quer que fosse. A tarde foi passada em ritmo muito lento e a arrumar algumas tralhas… Feita a digestão, fui correr mas apenas trinta minutos para me manter activo… (confesso que também não iria conseguir correr muito mais). Seguiu-se um banhinho quente e que mais? Isso mesmo! Preparar qualquer coisinha que se coma… Vai ser uma canjinha, uns pasteis de Chaves genuínos e uns queijos que chegaram do outro mundo. Claro que, depois de correr, há que repôr os líquidos e vamos ter de abrir uma garrafinha de vinho branco…

Depois, seja o que deus quiser.

Deixar uma resposta