bp2-2

Olá amiguinhos… bem alimentados… Já não apareço por estas bandas faz muito tempo. Este blogue foi criado para eu me divertir. Apenas isso. Não interessava o que eu escrevia nem o que as pessoas podiam pensar sobre isso… Não queria saber e ponto final. É ainda um espaço pago por mim e que não tem que obedecer às vontades alheias. Literalmente faço o que bem me dá na… ideia… para não escrever uma valente caralhada… Aliás, não sou rapaz para escrever muitas asneiras ou, como se diz na minha terra, muitas caralhadas… mas às vezes apetece-me escrever umas quantas. Não tem sido o caso pois ultimamente não me apetece escrever rigorosamente nada, quanto mais umas caralhadas. Ando meio trengo, sem vontade de escrever seja lá o que for. Faz sentido. Hoje em dia ninguém quer saber de ninguém. Canso-me a escrever porque ninguém quer saber daquilo que eu possa ou não escrever. Até acho justo. Porque raio de carga de água é que as pessoas têm que estar atentas àquilo que eu vou escrevendo? Não têm que ligar, ponto! Ainda por cima, não escrevo nada de especial e o único movimento que ainda ia tendo no blogue era motivado pela presença visual de umas certas personagens que praticamente aparecem sem roupa… assim, do género, sem roupa, com as volumetrias evidênciadas pela perspectiva e, por vezes, com uma acção inusitada. Foi essa imagem que foi valendo ao blogue e que sempre mostrou uns gráficos de visitas elevados.

Eheheheheheheheh chegou a altura de dar uma valente gargalhada!

Porquê?

Porque temos, sempre, de nos rirmos de nós, da nossa vida, das nossas expectativas e dos nossos problemas.

E quando já não tivermos mais vontade de soltar uma nova gargalhada, então está na altura de retomarmos o nosso caminho.

Amanhã, ou depois de amanhã, venho contar uma novidade, uma grande novidade. Para mim, claro está!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *