A volta.

Fui dar uma volta. Foi uma volta grande, por assim dizer. Uma volta que durou sensivelmente um ano. Foi um ano em que não tive disponibilidade mental para fazer uso deste espaço virtual que comecei em 2007. Sim, já lá vão uns anitos e gostaria de retomar as publicações, de uma forma regular. Durante este ano, em que fui dar uma volta, ainda publiquei umas baboseiras de vez em quando, umas músicas aqui e umas cenas acolá.

Depois seguiu-se um período em que fiquei com o blogue cheio de vírus. Sim, há pessoas que vivem no espaço virtual para tirarem proveito das maldades que fazem… grande novidade… mas maldade é mesmo o termo, apesar de vagamente infantil e pouco adequado para uma pessoa como eu, já entradote…

Enfim.

Lá consegui ter o blogue concertado, com mudança de prestador de serviço de alojamento, e agora cá estou eu de novo, para as curvas. Curvas, curvas é uma expressão que já me saiu cara, algumas vezes, muitas vezes mesmo, devido ao conteúdo das curvas… que não são toleradas em algumas redes sociais… por isso, e de momento, o que se apresenta é… arte.

Deixar uma resposta