Ontem foi para esquecer II

É engraçado pensar na proporção e na dimensão que determinadas coisas ou situações tomam na nossa vida, ou de quem gostamos, e, depois de “bem vistas as coisas”, se revestem de uma simplicidade que surpreende. Digo isto porque ontem tive uma experiência assim. Fomos buscar as filhas ao Infantário e, à saída da sala de uma delas, foi-nos sugerido, com a discreção qb, que deveríamos comprar um champoozinho especial para prevenir eventuais problemas, pois uma das crianças da sala tinha vindo do fim de semana com uns amiguinhos especiais.
Entrei em estado de choque. Fomos a correr comprar o tal champoo. Enquanto não cheguei a casa, ia sentindo as comichões a aumentar, a aumentar, e já via o quadro negro, a casa infestada, uma empresa especializada a ir lá a casa, enfim, o cenário estava cada vez pior.
Depois de todos termos tomado banho, com dez minutos de aplicação e as roupas para lavar, comecei a ficar mais descansado.
Jantamos com calma e nunca mais me lembrei do assunto…

Leave a Reply