Chatice.

Chego sempre a esta altura do ano lectivo, final de período, com aquela sensação de quem se vai aborrecer com os alunos. Porquê? Por causa das avaliações, claro está. Avaliar os outros é sempre uma tarefa difícil. Não é difícil o acto de avaliar em si, pois a configuração da avaliação está muito bem definida e sistematizada, para que a margem das eventuais injustiças seja o mais diminuta possível. O que é mesmo difícil é lidar com o outro lado, com os alunos, mesmo. Há sempre alguns alunos que têm uma auto-estima enorme e que acham sempre que merecem muito mais do que a nota que lhes é atribuída. Este tipo de aluno são, quase sempre, bem relacionados com os professores e, na hora da verdade, acham que essa relação é uma mais valia na avalição, o que não é verdade. E aqui é que está o difícil da questão pois é difícil fazer entender ao alunos que isso não conta mesmo nada.
Enfim, eu já devia ser detentor daquela capacidade maravilhosa de estar imune a este tipo de situações, mas acabo sempre por ouvir as queixinhas. E isto incomoda-me, pronto.

Leave a Reply