Que dia chato.

Escrever um texto sobre um filme lesbiano, é obra. Principalmente quando o texto não pode ter música associada. Eu pelo menos não sei colocar aqui nem uma musiquinha, quanto mais uma música. E isso aborrece-me. Porque ver um filme lesbiano já é, por si, aborrecido, então sem a tal de música, ainda fica mais difícil. Não tenho muita paciência, pronto.

Leave a Reply