C……s me f….

Não queria dizer que hoje foi um dia para esquecer, mas quase.
Alguma coisa está mal, no reino dos céus. Eu esforço-me, a sério que me esforço, mas o resultado é escasso e, pior ainda, desanimador. Hoje sinto-me o pior pai do mundo. Acredito que as pessoas, quando nascem, não estão ensinadas, mas porra, já tenho quarenta e seis anos e ainda não sei como se faz. É um bocadinho de mais. As crianças tiram-nos do sério e isso, é grave, muito grave. Não que eu faça questão de ser sério, muito pelo contrário, a minha imagem é a de muito pouco sério, mas quando se trata de crianças, das minhas, então a coisa deixa-me preocupado. Por uma coisa muito simples. Já lidei com muitas situações adversas, algumas duras mesmo, e sempre mantive a calma, e agora chegam uns pirralhos que me dão a volta e me fazem perder a paciência.
É muito triste.

Leave a Reply