Assim vai a minha vida.

Realmente há coisas fantásticas, para as quais não temos explicação: Ontem fui a uma exposição de motas, à Batalha! Dá para imaginar? Eu também não consigo. O certo é que fui, na bela da Scarabeo, com um grupo de scootards que já conheço e de quem gosto. É claro que, depois do almoço regado a tintol, já não me apetecia, mesmo nadinha, ter de ir ver a tal exposição, cheia de motas. Eu, que até nem gosto de motas, lá tive de ir ver. Cá fora havia uma demonstração de motocross, ou lá o que é, com uns tipos a darem uns saltos com as motas e a fazerem uns “piões”, absolutamente deprimente. Lá continuei, para dentro do pavilhão de exposições e aí a coisa complicou porque eram realmente muitas motas, daquelas motas que são “montadas” por pessoas… que gostam de as “montar”. Dito desta forma pode parecer um pouco redutor, e mesmo preconceituoso, da minha parte, mas não é. Eu tam bém tenho direito a existir, sem paciência para ter de aturar certo tipo de pessoas e gosto de me relacionar com quem quero. Mas voltando à exposição, quando consegui fugir de tanto casaco de cabedal, de tanto pin espetado, de tanta bota texana, de tanto fato completo com mistura de cores que não lembram ao diabo, vim para o sítio onde estavam as nossas scooters. Bem. O parque de estacionamento estava repleto de motas, como nos filmes, um barulho de motas a trabalharem e uma data de motards à volta delas. Dá para imaginar. Como também deve dar para imaginar o ar de gozo dos motards quando passavam pelas nossas scooters, que estavam todas alinhadas, e ainda eram bastantes, então quando me viram sentadinho na bela Scarabeo, com as pernas cobertas pelo avental/cobertor, que me deixa confortável e quentinho, a risota era por demais evidente e aquela sensação de extraterrestre veio ao de cima. A viagem de regresso foi agradável.

1 thought on “Assim vai a minha vida.

  1. MSPA

    Boas, manticora… Pois é, lá se passou mais um encontro das Maxi Scooters de Portugal. Pena é que não deu para convivermos mais um pouco, pois depois de almoço, deixei de vos ver… E quando dei conta o pessoal do nuorte já tinha bazado… Mas claro que sendo uma exposição com tanta gente era de esperar que não desse para estarmos todos juntos… Mas foi bom rever-vos… Espero que tenha gostado de ir até á Batalha. Pois aquilo estava uma confusão, cheio de cavaleiros do asfalto, pois vestidos daquela maneira… E depois nós é que somos os ET´s! 🙂 Temos de combinar uma ida aí aí acima… Da próxima vez que for ao Porto, a ver se combinamos para «bubermos» um cafézito… Não sei quando lá irei, mas já estou com vontade… Não parece, mas tenho muita família (e alguns amigos) na zona do Porto… Para uma dessas eventualidades, aqui fica o meu tlm 963962162.
    Bom, não te maço mais… De vez em quando venho aqui dar uma espreitadela ao teu blog… Para desanuviar um coche… Já pensei em fazer um… Quem sabe um dia deste…
    Abcs
    MSPA

Leave a Reply