Repéééétimos.

Não sei muito bem porquê, mas agora a nova teoria da conspiração passa pela escolha das intervenções dos professores, nas televisões. Tenho ouvido alguns colegas, e pelos vistos é opinião generalizada nas escolas, que aquelas famosas tiradas de alguns professores, quando são interpelados pelos jornalistas, mais não são do que escolhas desses mesmos jornalistas que, no meio de “centenas” de interpelações, escolhem aquelas mais infelizes…
Parece-me um bocadinho rebuscado e, muito sinceramente, não acho que a maior parte dos jornalistas da nossa praça consiga fazer esse exercício de raciocínio, isto claro, sem querer generalizar.
Mas continuo sem entender o porquê de tanta falta de objectividade no discurso daqueles que tão revoltados andam e que, se tinham alguma coisa a dizer, o deveriam ter feito há um ano atrás, quando foi aprovado o ECD. Isto que vem agora é apenas uma consequência.

Leave a Reply