Bah.

Existem alguns aspectos nesta vida que me aborrecem. Não gosto deles, pronto. Um deles está relacionado com a necessidade que muita gentinha sente em ser demasiado calculista, nas sua emoções e nas suas vivências. Não sei porquê, mas não consigo perceber como há pessoas que vivem em função de atarem demasiados fios, de construírem autênticas teias, sem as quais não conseguem interagir. Claro que todos nós, em determinadas situações das nossas vidas, fomos calculistas e programámos determinadas situações que vivenciamos. Agora, ter uma atitude constante de cálculo, , obrigado.

Leave a Reply