Puxa.

Depois de muitas voltas e de muito tempo perdido (obrigado Zé Maria e Zizo) ontem à noite conseguimos, finalmente, descobrir o que se passa com o raio da placa. É que, quando estavamos a utilizar o forno para fazermos umas pizzas, o forno também pifou. Era um cheiro a queimado que não se podia. Toca a desmontar o forno para o levar à assistência. Para surpresa minha, estava uma caixa na parede que já teve melhores dias, pois à volta estava tudo pretinho, pretinho, pretinho. Lá dentro o espectáculo era dantesco, estava tudo queimado, partido e desconjuntado. Não deu para perceber porque é que não ardeu tudo, mas ainda bem que não ardeu…

Leave a Reply