Felicidade.

Acho uma coisa. Uma coisa séria, que não deve ser mal interpretada. Ninguém é perfeito. E como tal, não deveriam existir juízos de valôr que acabem por interferir com a vida das pessoas. Claro que é muito fácil dizer estas coisas assim, mas na prática, no dia a dia, torna-se difícil não interferir na vida das pessoas. Por isso eu digo: deixem as pessoas viver a vida delas. Ninguém tem que achar isto ou aquilo, se gosta de beber uns copos, se precisa de fumar, se gosta por trás ou a fazer o pino. Façam o que for melhor e o mais adequado para a vossa vida, mas sejam felizes. Porque eu também o sou e quero muito continuar a ser.

1 thought on “Felicidade.

Leave a Reply