Sexta feira.

Por vezes, este tipo de núvem negra paira sobre as nossas cabeças, só por cima da nossa mesmo, o que é trágico. Desta vez não é o caso. Consigo pegar no jornal com as notícias da minha vida e o céu é azulinho (sim, eu sei, como o Fêcêpê), tão azulinho que me deixa tranquilo e com a certeza de que sou um priveligiado. Por isto e por muitas outras coisas, desejo a todos um excelente fim de semana, cheio de amor, paixão, troca de fluídos, troca de olhares, diversão e tudo o que acharem por bem fazerem.

Leave a Reply