Eles comem tudo.

Parece repetitivo, mas não é. É mesmo assim. O blogue ainda continua, visualmente falando, muito fraquinho pois tenho tido mais que fazer e o que me vale são estas amigas que tenho espalhadas por esse mundo fora.

Isto tudo para quê? Para dizer que fiquei chocado com uma reportagem que vi no telejornal. Dizia o apresentador que os serviços religiosos iam encarecer. Do género de um serviço (do qual não sei o nome, nem me interessa) irá passar de sete euros para trinta euros, porque o custo de vida está pela hora da morte.

Claro que nós temos jornalistas fantásticos e peças jornalísticas ainda mais fantásticas e vai daí, fazem uma reportagem de rua, a perguntarem às pessoas o que é que achavam de um aumento de mais de trezentos por cento para a celebração de “cenas” religiosas. E aqui é que eu fiquei chocado. Não é que as pessoas estavam todas de acordo com o aumento, pois a vida está muito cara e a igreja, coitadinha, não tem dinheiro para sustentar todos os padres e afins. São estas pessoas que depois vão protestar por causa do aumento da gasolina, e que bloqueiam as estradas. Claro que devo estar a exagerar, mas fico de boca aberta com a facilidade com que as pessoas aceitam custear a vida faustosa de quem menos precisa. Ou por outro lado, só precisa mesmo é de um audi ou mercedes do último modelo.

Não há nada como ter amigas assim, sempre nos ajudam a ultrapassar as nossas dificuldades.

Leave a Reply