Eu sei, está na hora da caminha…

Como a coisa está a correr mal, vou-me deitar, mas nem vou de loira nem de ruiva, vou com o cabelo descolorado, mas sempre amigo da natureza e com muita vontade de pedalar, por esse mundo fora (estive quase para escrever “pela natureza fora”, mas achei que era demais…). Claro que quem estiver a ler tudo isto desde o princípio, vai perceber tudo, quem assim não o fizer, não vai, mas eu também não tenho culpa. Já nasci assim e acho que vou morrer assim, de amarelo.

Leave a Reply