Portugal pequenino.

Por vezes tenho de vir para aqui mandar uns bitaites sobre futebol. Custa-me um bocado porque o futebol só dá mesmo é para uma pessoa perder o juízo, a razão, o bom senso e afins. Mas pronto, por vezes tem mesmo que ser.E isto tudo porquê? Porque me custa assistir a algumas injustiças. Alguém tem ouvido alguma coisa sobre as recentes decisões dos vários tribunais que vieram dar razão ao Fêcêpê? Aberturas de telejornais? Capas de jornais? Alguma chamada nas capas sobre o assunto? Não, pois não? Bem me parecia. É uma pena que eu tenha sempre de fazer este papel de palerma, de pacóvio, que gostaria de acreditar que o tratamento jornalístico dos casos e assuntos nacionais são  alvo  da mesma isenção. Mas não é bem assim. Tenho de perceber que o dito clube das gaivotas tem seis milhões de adeptos, que é o maior clube português e que muito naturalmente influencia os meios de comunicação, de decisão e não só… pois são mais do que as mães. É triste, mas é a realidade que temos. Isto não tem nada que ver com uma guerra entre o Norte do país e o Sul, mas só não vê quem quer.

Posto isto, só tenho mesmo a acrescentar que as vitórias, assim, nos deixam um sabor ainda mais  especial.

Pronto, provavelmente enxotei mais alguns leitores, mas que se há-de fazer?

2 thoughts on “Portugal pequenino.

Leave a Reply