Por vezes, sou repetitivo.

Ainda não estou refeito, ou totalmente refeito, da viagem que fiz no último fim de semana. Quando era mais novo, cheguei a fazer várias viagens de mota, uma daquelas motas que se avistam nas estradas portuguesas, e gostava. Não sei o que me deu mas deixei de andar de mota durante anos e anos e só há pouco tempo me lembrei de pegar novamente numa duas rodas. Não sei muito bem porquê, como também não sei porque é que fui logo pegar numa scooter. Há uma data de coisas na minha vida que eu nunca soube explicar lá muito bem, mas isso agora, não interessa nada. O que me interessa mesmo é andar montado na bela da Scarabeo e dar umas voltas valentes, enquanto posso…

Leave a Reply