Sim, está bem.

Por vezes tenho a nítida sensação que esta vida é um verdadeiro desperdício. Preocupo-me com coisas que não merecem a importância que lhes dou. Chateio-me, arrelio-me, resmungo, dou por mim a ficar descrente e a acabar por ficar triste. Viver não é fácil, muito menos viver virado para um canto, à procura de um isolamento que só nos trás um sossego ilusório.

Claro que estes momentos fazem parte de um caminho que se percorre e que, felizmente, é muito acidentado, agitado e variado. Sim, felizmente´, é a palavra certa, porque se fosse tudo muito certinho e direitinho, esta vida não iria ter piadinha nenhuma. 

Leave a Reply