Quando tem que ser.

Ufa, que já acabou. Não gosto nada de fazer substituições em turmas que tenham plano de aula. Aquilo é uma seca. Então as que vão fazer um teste de avaliação, nem se fala. Como não costumo fazer testes escritos, nem sequer sei muito bem como me comportar. Se devo estar vigilante, armado em polícia ou se devo acreditar que eles vão ser honestos. Nunca fiando, lá vou dizendo que não adianta muito copiarem porque quem vai corrigir topa logo tudo, o que não deixa de ser verdade, mas o ponto de vista dos alunos nunca é esse, pois acham que não se vai topar nada, com uma maquilhagenzita no vocabulário utilizado.

Acabou por correr tudo bem, mas não deixou de ser uma grande seca.

Leave a Reply