Para lá caminhamos.

att00084Ele há coisas engraçadas. Tenho percebido, ao longo da minha vida, que todos nós caminhamos para um mesmo lugar, desconhecido, é certo, mas igual para todos. Com isto quero dizer que, à medida que vamos avançando na idade, o grau refinado dos nossos anseios e das nossas vontades vai aumentando. Quem, no alto dos seus cinquenta anos, ou mesmo quarenta e cinco anos, não gostaria de dizer tudo aquilo que pensa? de fazer tudo aquilo que mais deseja? Acho que todos nós gostaríamos de chegar a esse patamar. Isto tudo para dizer o quê? Que o meu objectivo mais imediato é ser como a Manuela Ferreira Leite. A senhora dá a impressão que está numa fase da vida dela em que só diz as verdades, a quem não as quer ouvir, claro está, e está-se a marimbar para o que os inteligentes do partido dela, e dos outros também, possam pensar. Tem o seu mérito, embora no mundozinho político de Portugal isso não seja aceitável e, esperemos para ver, facilmente serão encontrados motivos para a sua substituição do cargo que exerce.

Leave a Reply