Viva la fiesta.

20081105-86822-1

Estava eu a dizer, no post anterior, que o wordpress era malandro com os mais ignorantes e, de repente, muito de repente, lá estou a conseguir colocar aqui uma imagem. Para compensar, escolhi um tipo de imagem de que gosto particularmente, ou seja, ilustra perfeitamente aquilo a que eu dou valor, acima de tudo nesta vida. Passo a explicar. Acho que é de fundamental importância estarmos de bem com a nossa pessoa, aquela que vamos conhecendo melhor ao longo da sua existência… e que nos leva a um estado de leveza que devemos cultivar. Cultivar, no sentido da terra, mesmo. De semear, adubar, tratar, para depois colher. A nossa existência é igual. Aquilo que semeamos vai estar de acordo com o que iremos colher. Parece meio lamechas e meio palerma, se calhar assim será para muito boa gente, mas para mim faz todo o sentido.

Leave a Reply