Por falar em grosseira.

Um dia a rosa encontrou a couve-flor e disse:

Que petulância te chamarem de Flor.

Vê a tua pele áspera e a minha, linda e sedosa…

O teu cheiro desagradável e o meu perfume sensual e envolvente.

Vê o teu corpo grosseiro! E o meu elegante e delicado…

Eu sim, sou uma Flor!

E a couve-flor respondeu:

Hellooooooow! Querida, de que adianta seres tão linda se ninguém te come!!!

Leave a Reply