Estou aqui que nem posso.

Que grandessíssima porra. Estou outra vez gripado. Passei uma noite miserável, a manhã inteira na cama e levantei-me para vir trabalhar. Sempre cheio de arrepios e com dores no corpo. Já não me lembrava de apanhar uma gripe, então de tomar medicamentos… já nem tenho memória. Agora, no espaço de quinze dias é a segunda vez. Nem sequer consegui pegar na bela da Scarabeo e vim de carro. Eu sei do que é. A minha escola está em obras, ao abrigo do programa de remodelação do parque escolar. Até aqui tudo bem. O pior é que enfiaram os alunos e os professores nuns contentores que são uma coisa do outro mundo. Quando chove e está frio ao mesmo tempo aquilo é indescritível, cheio de condensação, um calor que não se pode, tudo a respirar o mesmo ar… depois, basta um personagem estar doente que a coisa propaga-se a olhos vistos…

Ainda faltam mais uns meses para o tempo melhorar e podermos abrir as janelas, até lá só me resta ir tentando controlar a respiração ofegante das alunas…

2 thoughts on “Estou aqui que nem posso.

  1. carla cerqueira

    A vidinha não está fácil…espero que melhores.

    Isto de estar doente é uma boa treta…arrrrrre!

Leave a Reply