Que post de chacha…

19

Hoje podia, novamente, começar o dia a escrever sobre futebol… há tanta coisinha para se dizer, mas não, não vou escrever sobre coisinhas sem importância. Também não estou com muita vontade de escrever sobre coisas importantes. Portanto, nem oito nem oitenta. Vou escrever sobre a minha vidinha. Isto não é maneira de se começar a escrever qualquer texto sobre a nossa vida e, no mínimo, deveria afirmar que a minha vida está nos oitentas… mas não vou começar por aí, é mesmo uma questão de feitio, não faz o meu género… Também sei que há quem ache que eu deveria ser mais aguerrido, por assim dizer, que me deveria fazer mais ao piso, que me deveria afirmar mais perante os outros… mas eu lá continuo tranquilo e com a convicção de que nada disso é importante. O importante mesmo é eu saber o que quero e fazer aquilo que quero. Eu sei que poderá não ser muito perceptível para quem convive comigo perceber o meu modo de funcionamento (não entendo porquê… mas) e por vezes sei que tenho algumas dificuldades de comunicação. Se me puser a pensar bem no assunto, facilmente chego à conclusão de que os problemas de comunicação que posso, eventualmente, ter se devem ao facto de não me adaptar facilmente a novas realidades, novas situações e novas vivências, com a rapidez necessária. Não sou quadradão ao ponto de achar que só a minha vidinha é que está certa e que assim é que deveria ser. Não é por aí. Mas gosto de perceber o que me rodeia, tenho necessidade de pensar no assunto para poder assimilar outros mundos. Pode parecer um pouco ridículo tudo isto, mas sempre foi assim e não foi por isso que deixei de viver intensamente a minha vida, pelo contrário, sempre me ajudou nas decisões que fui tomando e que não foram poucas.

Leave a Reply