Ai que sufôco.

95

Não diria que me sinto esmagado. Seria forte de mais. Diria antes coertado. Este arranque de ano lectivo está ser difícil. Não estou com cabeça para isto e já dei por mim a equacionar (variadíssimas vezes) mudar de vida. Deixar o ensino e começar outra coisa qualquer. Não digo isto por causa desta mudança que houve no ensino porque, para ser muito sincero, concordo com os princípios que foram estabelecidos e qualquer professor bem intencionado facilmente concordará que era necessário uma valente varridela no sistema. Agora, se a varridela foi para debaixo do tapete ou para os olhos de quem estava a ver, isso é outro assunto que eu não vou abordar. Não é por isso que me apetece mudar de profissão. É mesmo porque já não estou a achar piada. Provavelmente daqui a um mês estarei já com outro ritmo e com outra pedalada que me vai obrigar a engolir tudo o que para aqui estou a escrever. Logo se verá.

Leave a Reply