Temos noção de que isto acontecia noutros tempos, certo?

playmate_1962_march

Sinto-me aborrecido quando vejo um filme (pequeno, é certo) de cariz pornográfico, em que as moças (jovens ou menos jovens) têm uns seios que mais parecem uns misseis iranianos terra-terra. Não é que me chateie muito que as moças façam esse tipo de intervenções no seu próprio corpo. Cada um é livre de fazer o que mais lhe apetecer e convir. Ponto. E se lhes apetecer desenvolver um projecto de um amigo clitóris com três polegadas de pretenso diâmetro, para mim também está bem. Eu gosto de pensar que trabalho com conceitos, por isso, tudo é possível. Ponto. O que me chateia mesmo é que quando as tais moças se deitam (num sofá, numa pele de animal esquartejado em frente à lareira, ou no que quer que seja) aqueles belos mamilos fiquem irreconhecíveis e percam o fulgor que nos fizeram acreditar que tinham. Ponto.

Leave a Reply