É que nem me dá para me meter nos copos.

gview

Esta última semana tem sido dose. Diria mesmo que nem forças tenho para levantar a cabecita. É o carro que avariou, a Scarabeo que está prestes a avariar e que continua meio parada à espera de uma peça, é o Metro do Porto que tenho utilizado mas que fica longe de casa, é o blogue que foi abaixo porque uns tótós assim decidiram, é a instalação do Ubuntu de raiz e que me fez esquecer uns ficheiritos, é reunião atrás de reunião, é papel para preencher, é a disciplina de História de Arte que é preciso preparar. E depois disto tudo o que é que sobra? As minhocas que levam o restinho do tempo, mas essa parte vale sempre a pena, nem que por vezes estejamos todos chatinhos e a falar muito alto, como numa verdadeira família italiana. Por isso precisava mesmo de uns dias de descanso, mas com a sortinha que tenho tido vou ficar por casa… com uma bela de uma gripe A.

8 thoughts on “É que nem me dá para me meter nos copos.

  1. Pedro

    se fosse a ti metia-me numa bicileta, depois metia-a dentro do metro e depois ia outra vez a pedalar até à escola…

Leave a Reply