Por acaso, gosto de show off.

 

Finalmente acabou. Foi-se. Morreu por aqui o assunto. Pelo menos é o que eu espero porque já não suporto tanto alarido (se bem que o alarido , às vezes, é bom) acerca do casamento gay. Eu tenho alguns amigos do peito (eu não disse peitos) que são gays, uns discretos, outros mais coloridos, mas todos eles boas pessoas (como se isso fosse importante para o assunto…) e por quem eu nutro uma amizade muito forte, como também tenho por outros que são hetero. Afinal, quem não tem amigos de todos os géneros? Pelo que me parece só os noventa mil que decidiram assinar a tal petição. O que nos vale é que os ditos noventa mil apenas devem representar, aproximadamente 0,000000001 da população portuguesa, o que me deixa mais tranquilo. A minha rica senhora, que recebeu educação católica, mas nestas coisas não se deixa ficar, explicou-me que a figura de casamento é sempre civil e o matrimónio é que é religioso. É assim tão difícil perceber a diferença?

2 thoughts on “Por acaso, gosto de show off.

  1. Telmo

    Cum camandro… eu assim de repente, muito de repente mesmo, acho que não tenho nenhum amigo gay… no máximo tenho uns que compram umas sapatilhas coloridas na SportZone…
    Mas se esses 90000 seres pestilentos acham que me vão estragar um fim-de-semana para ir lá botar a cruz estão muito enganados…

Leave a Reply