Concursolaite…

Eu sei que já passou um dia mas ontem à noite estive a ver um programa chamado Ídolos, na sic. Estava saturado da correcção de testes de História de Arte e aproveitei para parar e ir ver o concurso. Já venho a seguir aquilo há algumas semanas. Sem querer entrar no campo das preferências, que não passam disso mesmo, fico de boca aberta com algumas “cenas” que se vão passando no concurso. Nas escolas, que é por onde tenho andado mais tempo, quando um professor tem um filho ou familiar a estudar na mesma escola onde trabalha tem de informar a direcção para que não lhe seja atribuída a turma onde o menino ou menina esteja integrado. Parece-me normal que assim seja, para salvaguarda dos interesses de todos os intervenientes. O que aconteceu neste concurso é que uma concorrente (por sinal aquela que eu menos gosto) chegou à final. Até aqui tudo normal. O que eu já não acho muito normal é o facto dessa mesma concorrente ser sobrinha (por afinidade, acho que é assim que se diz) de um dos membros do júri, que foi paulatinamente eliminando os restantes concorrentes, pelo menos até determinada fase do concurso. Claro que pode ser uma cretinice aquilo que acabei de escrever mas estas situações não deveriam nunca acontecer pois dão direito a este tipo de especulações.

Pronto já escrevi o meu post de segunda feira. Uma banalidade, mas foi o que se arranjou. Ah, e que ganhe o Filipe.

5 thoughts on “Concursolaite…

  1. admin Autor do artigo

    Caramba, isto está animado. Um tipo já não pode ir lá baixo, ver uma seriezita na tv que quando chega é só novidades:))
    Sim, sou um ser humano fraco, facilmente manipulável pela minha rica senhora e, como tal, obedeço. Obedeço e vejo. Às vezes comento. É esta a minha vidinha, mas que continuo a gostar de trance psicadélico, lá isso continuo:))

  2. Má influência da gaja lá de casa!!!
    Começou com os cromos iniciais, depois obrigou-o a observar o lado bichinha louca do menino baixinho… e o manticora, como é um ser altruísta e sempre solidário… senta o rabiote no sofá e lá vai lendo…mas sempre com o malte bem pertinho…

  3. Telmo

    Não acredito… tu não andas mesmo nada bem…
    Se ainda fosse uma musiquinha tipo trance psicadélico com um whisky de malte e um blusão do João Paulo II… agora ídolos?
    Isso é coisa de meninos…

Leave a Reply