Esticado ao comprido, fico sempre bem, eu.

Envelhecer pode ser uma coisa linda, muito linda. Mas só se for nos outros. Quando começamos a perder as nossas melhores faculdades como por exemplo, não trocar as palavras, não nos babarmos enquanto falamos, não tropeçarmos no caminho, conseguirmos passar por determinados sítios sem embarrar em nada, quando tudo isto se começa a tornar o pão nosso de cada dia, então algo vai mal no reino dos céus. E esta prosa toda porque hoje tropecei a subir umas escadas. Onde? No pior sítio que me podia acontecer. Na minha escola. Será escusado dizer que aqueles alunos todos se ficaram a rir eternamente (e vão apodrecer no inferno por causa disso) da figura estatelada que consegui fazer. É sempre embaraçoso, mas nestas situações acabo sempre com a calma necessária para me recompor e seguir o meu caminho. Só fiquei aborrecido porque parti uma peça do portátil que levava no saco… coisas de pobre…

7 thoughts on “Esticado ao comprido, fico sempre bem, eu.

  1. mónica

    ao menos não descobriste que estavas grávido como eu quando caí. Isso sim seria um feito notável e partir o pc era coisa pouca.
    bjs e a idade é como o vinho do porto… cada vez melhor

  2. Telmo

    Coitadinho… é verdade sim senhor… que eu vi o monitor com uma peça partida… até meti lá os meus dedinhos para desempenar a coisa…
    Manticora estava tristinho, estava, estava… cutchi cutchi…

  3. Grave será quando começares a partir ossinhos…sei lá, tipo o fémur…Os senhores de idade costumam partir o fémur…enfim.

Leave a Reply