O mãozinhas.

Olhando assim, à primeira vista, há um elemento comum a todas as fotografias. O senhor é mãozinhas. Também à primeira vista, faz-me lembrar um outro cromo da nossa praça, que é comentador desportivo, que também é mãozinhas, só que tem uma cabeça ainda maior do que a deste senhor e tem caracóis (a parte das gravatas não discuto porque eu gosto de gravatas às flores…). Como se sabe, os mãozinhas são malabaristas. São também picuinhas e como tal não deixam nada ao acaso. E tal e coiso, e mais isto e mais aquilo, até que achamos que já está tudo dito e feito quando nos aparece com aqueloutro. Cansam, a mim, cansam-me muito. Mas adiante. A última peripécia deste senhor foi a pena aplicada ao SCBraga, actualmente o primeiro classificado do campeonato de futebol português. O raio do clubezeco não era suposto ainda estar à frente, já começa a incomodar. É necessário tomar medidas. E as medidas foram tomadas.

Quem me consegue explicar como é que um jogador que agride outro leva três jogos de suspensão e um outro, também do mesmo clube, por tentar agredir leva três meses de suspensão? Não faz sentido, pois não? Apenas se arranjou uma maneira descabelada de punir o melhor jogador do Braga. A sentença foi dada e despachada, com a assinatura deste mãozinhas.

2 thoughts on “O mãozinhas.

Leave a Reply