Eu esforço-me, mas é difícil.

Ele há coisas esquisitas. Estranhas, mesmo. Por vezes dou-me conta de que posso ter comportamentos estranhos. A tendência que as pessoas têm em se agruparem, juntarem, arregimentarem, ou que se quiser chamar, por conjunto de interesses é muito estranho. É estranho mas acontece diariamente e a toda a gente. É mesmo comum dizermos que gostamos desta ou daquela pessoa porque tem os mesmos interesses que nós. É estranho, no mínimo. Dá-me sempre aquela sensação de só ouvirmos aquilo que queremos ouvir. Se calhar saltei um pouco no raciocínio, mas o que eu quero dizer é que quando as pessoas se juntam nos mesmos ideais fecham-se ao que vem de fora, que pode não ser propriamente mau, apenas peca por ser diferente daquilo que querem ouvir. Quem nunca teve esta sensação que atire a primeira pedra para o telhado do vizinho que é de vidro e quem não teme não deve. And so on.

 

Leave a Reply