Scarabeo do meu coração.

Cheguei à escola. Parei a minha bela Scarabeo, no descanso central. Ia desligar o motor quando reparo num pequeno pormenor. No conta quilómetros marcava o bonito número de trinta mil. Assim, redondinho e certinho. Pode-se sempre pensar que raio de assunto para vir aqui escrever. O que é que isso interessa? Para nada, digo eu, mas eu sou um sentimentalão e não resisto a festejar um número assim. É um número de muito e puro  prazer, conseguido na sua companhia. Cada vez estou mais convencido que fiz a opção certa quando me apaixonei pela bela Scarabeo, se é que a paixão se pode  controlar… no meu caso nunca consegui… e não a trocava por uma mais novinha e fogosa. Com o tempo, o seu motor tem um ronronar muito próprio e característico, as curvas são feitas e desfeitas com muita suavidade e segurança, o meu corpo assenta que nem uma luva e a cada buraco da estrada estremecemos juntos…

2 thoughts on “Scarabeo do meu coração.

  1. pedro

    “Com o tempo, o seu motor tem um ronronar muito próprio e característico, as curvas são feitas e desfeitas com muita suavidade e segurança, o meu corpo assenta que nem uma luva e a cada buraco da estrada estremecemos juntos,”

    Tens sorte foi de te teres apaixonado pela Rosita, que te atura esses devaneios, e a descrição acima devia era ser aplicada à mulher da tua vida!

Leave a Reply