A natureza é assim.

Alguém me rogou uma praga. Íamos nós todos lampeiros para a praia, depois de esperarmos até às dez e meia pelo sol, quando começamos a reparar que afinal o sol continuava escondidinho à medida que nos aproximávamos da bela da praia. Estivemos todos enfiados no carro, à espera do sol, durante uma hora porque o frio era muito e ainda por cima nem um casaquito levamos… nem um passeio à beira mar demos. Um verdadeiro desconsolo. Se eu descubro quem me rogou a praga obrigo-a a vir cá a casa comer um churrasco e a beber duas garrafas de vinho, de castigo.

1 thought on “A natureza é assim.

Leave a Reply