Vruum, vruum Telmo.

É sempre bom saber que vou ver menos um carro nas ruas para passar a ver mais uma scooter. Desta vez foi o meu amigo Telmo que se rendeu aos encantos da bela Vespa. Estou mortinho por o ver sentado em cima dela, da Vespa, claro está. Acho mesmo que a vida dele vai mudar. Que tenha muita sorte com ela e sempre com a condução defensiva que se exige, que isto dos automobilistas terem respeito pelas duas rodas, vai no Batalha. Depois do período de habituação, virá a passeata da ordem, juntamente com o pessoal da nossa escola que anda em duas rodas. A coisa promete.

3 thoughts on “Vruum, vruum Telmo.

  1. admin Autor do artigo

    Pois, mas fazer todos os dias Porto Póvoa de bicicleta… convenhamos, oh Tiago, ia ficar com uns músculos mesmo potentes:))

  2. tiago

    bom bom seria saber que iriamos ver menos um carro para passar a ver mais uma bicicleta 🙂 faz melhor ao ambiente e as pernas ficam rijas que nem ferro. mas pronto, uma vespa sempre faz menos fumo que um carro :p abraços

  3. Telmo Aires

    Muito obrigadinho… e estiveste bem na escolha da imagem… tem a ver comigo, sei lá!!!
    De Barcelos à Póvoa, a viagem nunca mais acabava!
    De uma coisa podes estar certo, de hoje em diante, quando andar de carro, vou passar a olhar para as motas de outra forma… com mais respeito!
    Agora tenho de ir ali… vrummmmmmmmmmmm

Leave a Reply