Sonho meu.

Dois posts seguidos a falar da crise… não é normal, mas… como acabei de ler este post de um blogue (com o qual não me identifico minimamente, mas pronto…) sobre um assunto que considero mais uma injustiça para todos os que vão continuando a trabalhar, faz-me pensar que andamos todos a ser enganados por uma cambada de merdosos, sem vergonha na cara. Nas notícias da manhã ouvi o pm a dizer que estas medidas eram necessárias e suficientes, com a cara de pau com que disse exactamente a mesma coisa em Julho. Acho que a coisa ainda vai piorar mais. Por vezes olho para trás e penso que estaria bem melhor lá fora e pergunto-me porque é que voltei, mas a resposta é bem rápida. É que se não tivesse voltado não seria como sou e não teria chegado onde cheguei (bá, não pensem que cheguei a altos cargos onde se ganha muito guito, nada disso…) e não viveria o meu dia a dia rodeado de três seres humanos (duas de baixa estatura e uma maiorzinha, um bocadinho…) tão maravilhosos e compensadores, que me levam a pensar que a vida merece ser vivida a todo o custo.

 

Leave a Reply