Lingerie ou dieta.

Ele há coisas engraçadas. Quando faço uma pausa, pequena é certo, do trabalho (sim, estou a desenhar) resolvo sempre espreitar os meus blogues preferidos, ou seja, aqueles que costumo ler mais assiduamente. Acabo sempre por me deparar com assuntos que não lembram ao diabo (e o diabo é meu amigo, imagine-se se não fosse) e não resisto a reflectir. Hoje a reflexão está mais virada para a lingerie, ou estará para a dieta? Não sei muito bem para onde me virar. Li dois posts sobre estes dois temas e, apesar de não os ir comentar, fizeram-me pensar no assunto. É que eu gosto de pensar em assuntos. Faz parte de mim. Começo por achar que a lingerie está mais de acordo com o espírito que faz mover montanhas e fico a pensar na razão que leva as mulheres a vestirem lingerie vermelha. Eu percebo que o vermelho é uma cor quente, a cor do fogo… está bem, é elementar, mas haverá pessoal que acha piada à lingerie vermelha? Pelos vistos, parece bem que sim. Eu, muito sinceramente, não acho. Gosto muito do branco. Será sinal de pureza? Será um sinal divino? Ou será mais um sinal de evidência das formas? Podia responder qualquer coisa do género: venha o diabo e escolha, mas não consigo porque o diabo é meu amigo e essa responsabilidade eu não quero fazer pesar sobre os seus ombros. Por isso escolho a evidência das formas, uma vez que não sou crente. E não é que desgoste do preto. Muito pelo contrário. Só que tem de ser em determinadas circunstâncias. Passo a explicar. No dia a dia, e de dia mesmo, gosto do branco. Se for de noite, com copos, música e afins, gosto do preto. Só pode mesmo ser preto.

Posto isto, ainda fiquei a magicar no outro assunto. O das dietas. Faz-me confusão (também tudo me faz confusão…) saber que muita gente vive obcecada com a dieta. Eu entendo (também tenho a mania que entendo tudo…) que as pessoas se devem sentir bem com o seu corpo (ia a dizer com o seu próprio corpo… mas achei que era demais), por uma questão de saúde devem ter uma alimentação correcta e fazer algum exercício, mas não consigo perceber a obsessão por um corpo perfeito, vindo das imagens das revistas e das televisões. O corpo perfeito não existe. E depois, o que adianta ter um corpo perfeito se o resto não tem interesse? É como ter uma pila monstruosa que não entra metade, senão faz doi-doi. Não interessa nada. Custa muito as pessoas as pessoas tentarem ser felizes com aquilo que têm?

Isto acabou assim meio para o foleiro, mas tenho de continuar o desenho.

 

2 thoughts on “Lingerie ou dieta.

Leave a Reply