RTP = Espargos.

Eu até que gostava. Gostava de ser perfeito, pronto. Mas a dura realidade sussurra-me que não é bem assim. Uma pena, digo eu para o meu amigo invisível, porque bem merecia ser prefeito. Mas adiante, que os dias começam e acabam rapidamente, por isso, temos de os viver. Por falar em viver, li uma notícia sobre a debandada das principais “estrelas” da RTP, D. Judite de Sousa e Sr. José A. Carvalho para a TVI. Finalmente vão pregar para outra freguesia, fizeram pela vida e não estão para aturar os cortes nos ordenados. Eu se pudesse fazia a mesma coisa, tem lá algum jeito cortarem nos ordenados principescos que auferiam… Como é evidente, a culpa não é deles, mas sim de quem lhes andou a pagar aquelas somas escandalosas, durante todos estes anos, mas temos o país que temos e se fosse só a D. Judite e o Sr José a dar um rombo nas finanças públicas, eu até nem me importava muito… o pior é são aos molhos…

Leave a Reply