Será que alguém do Ministério da Educação podia dar uma vista de olhos.

“… porque estes foram os pais que saíram da <abrilada>, em que de repente este país virou permissivo. Não houve meio termo. Dantes, as pessoas eram educadas a chicote. Depois da <abrilada>, começaram as teorias de que os meninos não podiam ser contrariados, coitadinhos, ficam traumatizados quando são castigados, que horror pôr um miúdo de castigo, isto tudo é a demissão dos pais… os pais têm muito trabalho, têm o IC19 para fazer todos os dias, duas horas para lá, duas horas para cá, e quando chegam a casa têm pouco tempo e não estão para o passar a ralhar com o miúdo. É mais fácil a atitude <toma lá e não chateies> do que estar a tentar educar. Porque educar é uma coisa para todos os dias e dá muito trabalho. Os pais estão muito demitidos da sua função de educadores.”

Leonor Levy, in Notícias Magazine.

Leave a Reply