Demasiado artificial.

Reescrever um post é uma seca. Não tenho paciência nenhuma quando me acontece perder o que tinha acabado de escrever há minutos atrás. Acabo sempre por deixar pelo caminho metade da tralha. No caso presente era sobre as vantajens e desvantagens de ter um blogue pessoal e intransmissível. Vantagem porque posso escrever o que me apetecer, sem preocupações de estar ou não actualizado. Vantagem porque ninguém vem aqui desancar na minha rica pessoa só porque eu decidi escrever sobre isto ou aquilo, completamente fora de horas. E mais uma vantagem é que, mesmo que o façam, tanto me dá como se me deu. É por estas e por outras que me lembrei da entrega das estatuetas mais faladas de Hollywood. Parece-me que foi no passado Domingo que as entregaram ao domicílio. Não faço a mínima ideia de quem ganhou o quê. Como não tenho lá muita paciência para assistir a toda aquela verdadeira parafernália de vestidos vaporosos, que desfilam pelas grandiosas passadeiras vermelhas, não procurei a estação televisiva que transmitiu a dita cerimónia e não sei de nada. Apenas que o Discurso do Rei ganhou uns prémios valentes. Não é que eu tenha alguma coisa contra aquilo tudo, mas é apenas show off  e para show off prefiro o lá de casa, sempre é mais genuino.

Leave a Reply