A ver o eléctrico a passar.

Já tenho idade para me deixar de experiências. Digo eu. Mas digo-o só para mim. Na sala de aula não o posso dizer em voz alta. Os alunos dos dias de hoje são muito diferentes. Arriscam pouco. Experimentam ainda menos. Limitam-se a fazer aquilo que sabem, que lhes foi impingido não se sabe muito bem por quem e têm um sentido crítico pouco apurado. Acho até que não estou a ser exagerado, pelo contrário. Raramente encontro alunos que tenham um não sei quê de adicional. Tenho a sorte de encontrar alunos que são bons meninos e boas meninas mas que são preguiçosos, que não investem neles, nas suas qualidades e defeitos. Deixam andar. E isso perturba-me. Bem, perturbar, perturbar, é uma forma de dizer, mas fico triste porque são muitos aqueles que se perdem, que passam ao lado e não têm a percepção de que devem dizer adeus.

2 thoughts on “A ver o eléctrico a passar.

  1. admin Autor do artigo

    Kakakakakakakakakaka
    Tu põe-te fino, senão ainda ficas todo furadinho que nem um passevite:))

  2. jose braga

    Pertubado fiquei eu agora ao ver estas duas Guarda-Linhas. Eu que até vivo junto aos comboios em Rio Tinto, e só os vejo passar, nunca vi, (mas gostava que houvesse nos Sub-hurbanos, fiscais (Picas) deste Kilate. Não me importava mesmo nada de abdicar do Passe e tirar Bilhete, só para quando entrasse no Trem, ir ter com Elas, para picar-me o bilhetinho, Eu picava-as bem picadas. Ai picava picava. Porque a CP faz greve com tão
    bom pessoal?

Leave a Reply