Está bonito…

Não sei muito bem porquê, mas ultimamente tenho estado mais ligado ao atletismo. Ligado, ligado, só no discurso, porque aquilo dá muita canseira. E no discurso, porque foram uma data de circunstâncias que me empurraram para o tal de atletismo. Quase que me parece que estou a falar de uma entidade. No meu caso até foi uma entidade, já que pratiquei atletismo durante catorze anos, ininterruptamente, e eu já me confundia com as pernas, os sapatos de bicos, os fatos de treino, os alteres, os treinos de duas horas e meia, o cansaço, as alegrias, os medos, as derrotas e as vitórias que fui vivendo ao longo desses anos. Moldaram-me o espírito. Fiz muitos sacrifícios, tive muito prazer, fui determinado e gostei mesmo daquilo. Depois o interruptor mudou de direcção e nunca mais peguei numas sapatilhas. Nunca mais mexi uma palha e tive outro tipo de vivências. Mais exageradas e menos saudáveis mas também gostei mesmo daquilo. Agora, passados mais de vinte anos, vem a minha rica senhora com a mania da corrida, e corre, tenho um aluno tutorando que pratica atletismo, e acabo por falar no assunto, venho ao facebook, e vejo fotografias do pessoal do meu tempo, e para cúmulo dos cúmulos vou correr às quintas feiras com o meu vizinho Filipe. O que se passa comigo? Alguém me sabe responder?

2 thoughts on “Está bonito…

  1. Tomás

    Eu ando a fazer o mesmo. É o bicho. Já ando nos sete quilometros e meio, três vezes por semana. No teu caso é diferente, já o fizeste e voltar a fazer transporta-te para outra dimensão, e não é a quinta.

Leave a Reply