Dez dias de férias, dez.

Acabadinho de chegar de umas merecidas férias, em Chaves. Foram dez dias, dez, em boa companhia e com descanso, apesar da chuva inicial e de algum vento. Como em tudo, quando nos viemos embora é que o tempo ficou au point… mas ainda deu para estar na piscina. Sempre à sombrinha, a ler. As minhocas andaram sempre enfiadas na água (para isso é que serviram as aulas de natação…) e os pais assim poderam descansar. Comecei a ler uma biografia sobre o Hitler, esse grande manganão… que está excelentemente escrita e que me está a revelar um lado do homem que eu desconhecia. Aconselho o livrinho… de quase mil páginas. Para além disto tudo, comemos bem, bebemos bem e conversamos melhor. Chegado a casa, depois de dez dias, dez, fora do computador deparo-me com uma eternidade de emails para ler e do facebook nem quero ver o que para lá vai. Portanto, se não responder a tudo ou não vir tudo… a culpa é das férias…

2 thoughts on “Dez dias de férias, dez.

Leave a Reply