Eu devia estar a trabalhar, mas não estou. É sábado à noite e eu sou um cowboy!

Devo dizer que é useiro. Useiro e vezeiro. Pelo menos da minha parte é. Não gosto de falar para quem não me compreende, mas acabo sempre por o fazer, em todas e muitas circunstâncias. Daí o useiro e o vezeiro. Perguntam-me aqueles para os quais eu não gosto de falar, o que é isto de useiro e vezeiro? Digamos que seria uma boa pergunta mas, se nos debruçarmos sobre os peitos da pergunta, reparamos que também o raio da pergunta é useira, menos vezeira, mas useira. E fico-me por aqui. Porquê? Porque assim ninguém vai perceber nada daquilo que eu estou para aqui a dizer. O que é bom.

Leave a Reply